O dia que Haile Selassie visitou a Jamaica


Para muitos rastas, ele é Deus (ou Jah) encarnado, o messias redentor, que em 1966 visitou a Jamaica e teve uma recepção calorosa pelo o povo jamaicano.



Ele é Ras Tafari: esse era o nome de nascimento do imperador 225 e último da Etiópia, que nasceu em 23 de Julho de 1892, e tomou o nome religioso Haile Selassie I, quando foi coroado. Para muitos rastas, ele é Deus (ou Jah) encarnado - o messias redentor.

A distância entre a Jamaica e a Etiópia não afetava em nada a crença que os rastas tinham em Haile Selassie.

Cerca de 8.000 milhas separa Addis Abeba, capital da Etiópia, e Kingston, capital da Jamaica, mas uma ligação entre eles foi se tornando muito forte por um número de jamaicanos pobres negros que acreditava que a coroação de Ras Tafari foi o cumprimento de uma profecia e que ele era o seu Redentor, o messias escrito no Livro da Bíblia de Apocalipse: "Rei dos Reis, Senhor dos senhores".

Recomendamos: O significado das cores da bandeira da Etiópia

Eles acreditavam que ele iria libertar o povo da escravidão, o que, como se viu, envolveu uma transformação miraculosa. Eles seriam arrebatados de suas vidas de pobreza no Caribe e realocados para África, a terra de seus ancestrais e do seu epicentro espiritual.

O dia que Haile Selassie visitou a Jamaica.

Em 21 de abril de 1966 o imperador Haile Selassie visitou a Jamaica. Isto foi 36 anos após sua coroação e o entusiasmo dos Rastas estava intacto. Havia agora uma nova geração de Rastas, muitos dos quais ainda abrigavam a visão de um êxodo africano.

Haile Selassie foi surpreendido pela recepção arrebatadora. Ele não fez nada para dissipar pensamentos sobre seu status divino. Por esta altura, Garvey tinha morrido e suas críticas de Haile Selassie se esquecido na Jamaica. Mas em todo o mundo, o júri não foi unânime. Embora quisesse projetar a imagem de um imperador progressista, ele enfrentou acusações de ser um ditador ganancioso.

Assista (em inglês) a visita de Haile Selassie à Jamaica.



No meio da multidão.

Entre as multidões entusiasmadas que se mostraram honrar seu redentor foi a esposa de um músico jamaicano de 21 anos. Ele tinha acabado de formar uma banda chamada Wailers e seu nome era Robert Nesta Marley.

Veja algumas fotos raras de Haile Selassie na Jamaica.

O dia que Haile Selassie visitou a Jamaica

Referência: BBC
Vídeo: Rastafári TV