Conheça a banda Tribo de Jah



A história da banda Tribo de Jah inicio-se na Escola de Cegos do Maranhão onde se conheceram os quatro músicos cegos e um quinto músico com visão parcial (apenas em um olho), lugar em que viviam em regime de internato, começaram a desenvolver o gosto pela música improvisando instrumentos e descobrindo timbres e acordes. Posteriormente passaram a realizar shows nos bailes populares da capital (São Luiz) e outras cidades do interior do estado fazendo covers de seresta, reggae e lambada.

Foi neste momento que surgiu o radialista Fauzi Beydoun, nascido em São Paulo, filho de italianos com libaneses, que já havia morado quatro anos na Costa do Marfim (África), grande aficionado pela cultura reggae a qual era efervescente em São Luis nos anos 80, e que se tornou um fenômeno quase inexplicável nas terras brasileiras do Maranhão, invadindo inicialmente os guetos para depois tomar toda cidade, o interior do estado e até os estados vizinhos.

O reggae viria marcar profundamente a já tão forte e original cultura maranhense, contestado por uma minoria de intelectuais conservadores e abraçado pela grande massa, que através desse estilo musical originaria o título de "JAMAICA BRASILEIRA" à capital do Maranhão. Centenas de clubes de reggae com suas "radiolas" (potentes equipamentos de som que se encarregavam de divulgar o ritmo quando ainda não era tocado nas rádios) e depois diversos programas de rádios que finalmente viriam aderir o mesmo em busca de audiência justificariam largamente o título conquistado. Foi neste cenário que a Tribo de Jah deu a partida para difundir o seu reggae roots até os ossos, com suas mensagens de amor e paz, políticas sociais e divinas, as quais afastaram das grandes gravadoras, as rádios não tocavam, a TV tão pouco informava e os jornais faziam vistas grossas. De forma independente a Tribo de Jah foi fazendo shows e divulgando seus discos, hoje conta com uma gravadora e uma distribuição a nível nacional.

Passados dez anos de trabalho com direito a uma escala no principal palco do reggae mundial (REGGAE SUNSPLASH FESTIVAL - JAMAICA 95), após ter se apresentado nos quatro cantos do país (de Belém a Porto Alegre, passando pelo Canecão e Metropolitam - Rio, Palace e Olimpia - São Paulo) e alguns pontos internacionais (Buenos Aires - Argentina, Caiena - Guiana Francesa, além de shows na Europa em países como a França e Itália) denotam o momento muito especial no caminho que a Tribo de Jah vem trilhando para um inevitável reconhecimento de seu trabalho tanto no Brasil como no exterior.

Ouça três sons da banda que escolhemos para você.



DISCOGRAFIA:
Roots Reggae (1995)
Ruínas da Babilônia (1996)
Reggae' Blues (solo de Fauzi Beydoun) (1997)
Reggae na Estrada (1998)
2000 Anos ao Vivo (1999)
Além do Véu de Maya (2000)
Essencial (2001)
A Bob Marley (2001)
Tribo de Jah - 15 anos - ao vivo! (2002)
Guerreiros da Tribo (2003)
In Version (2004)
The Babylon Inside (2006)
Love to the World, Peace to the People (2007)
Refazendo (2008)
Pedra de Salão (2014)

INTEGRANTES DA BANDA:
Fauzi Beydoun - Guitarra base, vocalista e compositor
Francisco Guilherme dos Santos - Tecladista
Alexsandro Costa Enes - Guitarra- solo
Aquiles Rabelo Filho - Baixista
João Rodrigues - Baterista

Site oficial: www.tribodejah.com.br 
Contato para shows:
E-mail: imprensa@tribodejah.com.br

Redes Sociais: