Banda Odoiá


Banda: Odoiá


Cidade: Porto Alegre
Estado: RS
País: Brasil

Telefone da banda: (051) 93950961
E-mail da banda: odoia_rs@hotmail.com

Ouça a banda: www.soundcloud.com/odoia



Segundo link para ouvir a banda: CLIQUE AQUI

Site oficial: www.bandaodoia.com.br

Link para downloads: CLIQUE AQUI

Estilo Predominante: ROOTS

Discografia/CDs: 
Siga o seu caminho

Facebook: CLIQUE AQUI

Canal you tube: CLIQUE AQUI


História: A Origem
Nascido no ano de 1981, em uma casa humilde de Religião Africana, Luano Soares (vocalista) cresceu em meio a música e às forças da natureza vinda dos Orixás. Aos três anos já tocava tambor e outros instrumentos de percussão nas festividades religiosas.
Com o passar dos anos foi se aperfeiçoando na música, fazendo novas amizades e participações com bandas de estilos variados.
Mesmo feliz por estar entre músicos e estar fazendo o que gosta, sentia um vazio em sua vida, sabia que queria ter seus próprios “irmãos de caminhada”, pessoas de fé, guerreiros como ele e enfim com estes montar uma banda.

Em 2003, Luano foi convidado para fazer percussão com uma banda na praia de Santa Teresinha, litoral gaúcho; a banda havia fechado shows por um período de duas semanas.
Em um domingo a tarde, quando os salva-vidas já encerravam seu turno de trabalho, Luano nadava na praia, quando der repente foi puxado por uma correnteza, afogando-se não conseguia ficar emerso, quando faltou-lhe as forças imergiu, viu então Iemanjá, “a rainha do mar”, envolta por seus cabelos longos ela puxou-lhe pelos cabelos para cima e lhe disse que não era a hora de desistir, o sonho estava por vir e a caminhada a começar, e ele desmaiou.
Ao acordar viu um salva-vidas ao seu lado em meio a multidão, o mesmo lhe disse: - Cara, você nasceu de novo, já era para eu estar em casa, mas a beleza do mar hoje me segurou na praia até mais tarde.
A partir desse momento começou a agradecer por estar vivo com a saudação usada em sua religião a Iemanjá, “Omi Odo Odoyá”
Nesse momento Luano compreendeu que as forças da natureza lhe prestigiam desde que nasceu, e que deveria fazer algo para proteger a natureza também.
E foi com esta força que a natureza reuniu a ele pessoas especiais, com diferentes histórias de vida, mas com o mesmo sonho, formar uma banda, que leve o amor e o respeito a natureza, e com palavras de confiança passar as pessoas que os ouvem boas vibrações.
Através dessa inspiração que surgiu o nome da Banda Odoiá, formada em 2003, no Bairro Bom Jesus, fazendo um reggae de raiz.

O trabalho
A banda Odoiá já passou por outras formações, mas atualmente conta com Luano Soares (vocal).Gil Jones (baixo)

No ano de 2011 a banda Odoiá lança o seu primeiro CD com a equipe da EB. Produtora, que contribuiu renovando a sonoridade das músicas, tendo como produtor musical Marcio Fucks, que já trabalhou com grandes nomes como, Jimmy Luv, Lion Kucha, Taty da “Chimarruts” entre outros.
O cd leva o nome da música carro chefe “Siga o seu caminho”, e conta com mais dez faixas e participações de “peso” como Marietti Fialho, Thais Ross, Edgar (Dega) e Alex (Função).
Em 2012 é gravado o primeiro clipe da banda, com a música “Cigana”, o mesmo é filmado na cidade de São Leopoldo com a direção de Francisco Mazzuca, fotografia e montagem Roberto Knorr, arte João Barboza, produção Cristiano Machado, e com as participações de Keli Frois, Thais Ross, Matheus Piccoli e Vitório Beretta.
O clipe “Cigana” foi um dos escolhidos pela audiência para encerrar o programa Tele Domingo em 17/04/2012.
A banda já foi entrevistada e teve sua matéria divulgada nos jornais Diário Gaúcho, no espaço Estrelas da Periferia e Jornal de Viamão, apresentou-se também no programa Radar da TVE, no Jornal da Band Verão e Rádio Band (porto Alegre AM 640).radio Atlântida Fm , Radio transamérica FM entre outras

Reggae na mente e no coração.
Com as influências musicais de Bob Marly, a banda busca neste gênero musical uma opção política pela paz e uma forma para explicar às pessoas que precisam de um objetivo para seguir suas vidas. O Reggae aqui no Sul ainda é meio incompreendido, ele não é visto como música; como em São Luis do Maranhão que já existe uma grande vertente de Reggae, e já é conhecido como “A Jamaica Brasileira”.
Sabendo que as pessoas se identificam ouvindo música, o Reggae da Odoiá trás letras que falam do cotidiano, de sentimentos, da natureza, de sonhos, da dificuldade em que vivemos e da luta diária contra as drogas. Dialogando com as pessoas em situação de dificuldades, tentando amenizar seus sofrimentos e transformar aquele momento em felicidade.
Para ter paz é preciso chegar perto da violência e modificá-la.
O impossível se faz na hora, o milagre demora um pouco.

Divulgação da banda
A vontade da banda é estar perto das pessoas, para que elas ouçam e admirem o seu trabalho, fazendo com que suas músicas e as vibrações positivas da natureza alcancem seus corações, e assim encontrem a esperança de um futuro melhor.


Gostou de conhecer a banda? faça parte também! achou algum erro? pode nos comunicar


Compartilhe nas redes: